E quando seus aportes caem, o que você faz? - Investidor Inglês

E quando seus aportes caem, o que você faz?



No post onde o AA40 te incentiva a criar um blog, ele comenta sobre um ponto que anda me incomodando ultimamente.

E esse ponto é sobre os aportes.

Vitais na construção de patrimônio, como pretendo abordar trazendo a tona novamente o chamado Dolar Cost Average, queremos -los sempre subir. 

Mas e se por um momento caírem? O que fazer?

Se já terminou de ler o post do AA40, viu que as recomendações é para não dobrar a aposta, digo investimento em bolsa, bitcoin e por ai vai.

Não tente compensar aportes baixos com operações de maior risco.

A não ser que você venha estudando. E saiba muito bem por onde está se metendo.

Veja meu exemplo, agora que meus aportes estão na mínima estou fazendo algumas operações com opções para incrementar o pouco que ainda vai para os investimentos.

Mas essas operações não colocam em risco nem 10% do meu capital. 

Logo também não me trazem tanto dinheiro assim.

Portanto, para reaver aquele pontinho no horizonte chamado Independência Financeira, preciso ganhar mais.

Pois das duas uma. Ou se faz uma puta contenção de gastos, ou se procura ganhar mais. Simples assim.

No meu caso já não tenho mais o que tirar do orçamento...

Quanto a ganhar mais, sei que onde trabalho não há possibilidade alguma de um bom aumento de salário.

Com isso minhas opções são: procurar um novo emprego, buscar renda extra, empreender...

Confesso que sair da zona de conforto não está nada fácil. Some a isto o fato de eu gostar de onde trabalho, ambiente de trabalho é bom...

É por isso que meu foco estava na renda extra, como disse em posts passados. Tentar tirar uma grana com blogs, recuperação de dados.

Com o blog Investidor Inglês até que entra de vez em quando uma graninha. Com a experiência que adquiri, tentei adotar as mesmas práticas em blogs de outros nichos.

Por ora, nada deu certo. Aqui já encontrei meu jeitão de se comunicar. Nos outros nichos que tentei a sorte, faltou assunto.

A área em que trabalho, Tecnologia da Informação, tem um mundarel de coisas a explorar. Mas no momento falta tempo para decidir o que fazer.

Logo os aportes seguirão minguados. E com isso aquela sensação brochante de ver seu patrimônio não sair do lugar.

Apesar de mostrar esse cenário ruim, confesso não estar preocupado.

Afinal, eu trato a minha independência financeira como um meio, não um fim.



See ya!
E quando seus aportes caem, o que você faz? E quando seus aportes caem, o que você faz? Reviewed by Investidor Inglês on 18:01 Rating: 5

10 comentários:

  1. Para pessoas que estão no inicio desse sonho da IF ou FIRE (como eu), baixar aportes é um terror sem tamanho... Tanto faz de gastando mais ou ganhando menos, ambas situações me deixam para baixo. Da para fazer até um paralelo com seu post anterior referente a difícil arte de consumir para um poupador rsrs Devemos manter pelo menos essa dificuldade no pensamento, para não se soltar e ficar com vontade de ir "torrando" o que já conquistou de forma sofrida.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Semeador,

      Apesar de não ser nada desejável, é um teste para saber se a pessoa vai ser FIRE ou não. Lidar com o patrimônio em estaca zero ou negativa e sem muito o que fazer é um desafio e tanto para quem almeja ser independente.

      E acredito que a chave para passar dessa fase é não ter como única e exclusiva meta a FIRE. Depois tento explicar melhor isso em um post hehe

      Abraço!

      Excluir
  2. II, primeiramente obrigado pelo jabá. Agora entendi melhor o que você quis dizer com seu comentário lá. Eu encaro um pouco como momento sabe, por que sabíamos no início que os juros a 14% não se sustentariam (ou o país quebrava) ou os juros cairiam. Agora está, digamos assim, quase no fundo do poço em relação aos juros mas acho que agora está precificado um cenário muito otimista, o contrário do pessimismo de 2016. Extremos. Acho que os juros voltarão a subir mesmo todos achando certo que não. É só a inflação dar uma acelerada ou vir uma crise forte ai.
    O fato que não podemos balizar os nossos planos no excesso de pessimismo e otimismo mas alguma coisa no meio do caminho - e este meio do caminho para mim é a TSR4% - inclusive o CFP da entrevista do SRIF365 confirmou que ela é realmente um bom balizador.
    Só não entendi se a queda dos seus aportes é algo pontual ou é devido a alguma coisa do mercado. Por falar nisso este mes foi o primeiro em 10 anos que não consegui aportar nada e ainda botei a mão no fundo emergencial, estamos juntos !! Abcs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá AA40,

      A queda dos meus aportes é a soma de mais gastos e menos receita rs. Acredito que fique assim por pelo menos um ano, quando a sra Inglês volte a trabalhar.

      Por ora a prioridade é a baixinha :D

      Mas confesso que dói no bolso ir em farmácia e mercado toda semana rs

      tamo junto! Abraço!

      Excluir
    2. Ah sim mas ai é por um ótimo motivo hein! Parabéns pela baixinha. Filhos são uma das melhores coisas da vida. Nosso pequeno está com 3 anos e é só alegria, porém entendo realmente a parte dos custos e renda menor. Faz parte. Abcs

      Excluir
    3. Valeu! É um tremendo motivo mesmo rs.

      Abraço!

      Excluir
  3. Acredito que temos que manter o aporte mesmo que "simbólico" 50 ou 100 reais minha meta é completar o próximo 1000 isso faz com que meus aportes ficarem menores com o passar do tempo enfim na hora que o meu aporte não for mais necessário ao o caminho será o inverso , o que passar de 1000 eu retiro assim aumentando meus rendimentos a cada mês , acho que ficou confuso ms espero que entendam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Soldado, você diz para tentar aportar mesmo 50 ou 100 reais, isso?

      Se sim, concordo com você. O importante é sempre tentar aportar. Claro, na medida do possível.

      Excluir
  4. Olá Inglês!

    Pois é, tem momentos em que a situação aperta mesmo. No seu caso, há dois fatores: menos renda devido ao emprego de sua esposa e mais gastos, devido à filhota. Não tem jeito. São fases. Tente ao menos não sacar das reservas.

    Agora a dica do Soldado do Milhão aí em cima é boa. O fato psicológico é poderoso. Se conseguir aportar regularmente, mesmo algumas dezenas de reais, será mais fácil voltar depois. Hábito se adquire com a constância,

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá meu caro VL!

      Pois então, essa fase era prevista. Só comento que por ser mais poupador do que gastador, mesmo sabendo do que me esperava, fiquei pasmo com o primeiro mês :D

      Mas estou conseguindo aportar mesmo assim. As reservas as vezes são usadas apenas para cobrir saldo enquanto o salário não cai.

      Enfim, mesmo pouco, todo mês consigo alimentar meus investimentos.

      Abraço!

      Excluir

Tecnologia do Blogger.