Quando agora não é a melhor hora para investir... - Investidor Inglês | Rumo a Independência Financeira

Quando agora não é a melhor hora para investir...


Quando é o melhor tempo para investir?

Pergunte a um profissional de Finanças Pessoais quando é a "melhor" hora para investir, e ele lhe dirá;

Ontem.

Como você não pode começar ontem, a melhor resposta é hoje.

Isso devido ao fator tempo no mercado financeiro. Pois quanto mais tempo você estiver exposto ao mercado, mais tempo seu dinheiro terá para crescer e também se recuperar das baixas ocasionais que presenciamos, principalmente caso tenha dinheiro na bolsa de valores.

Dito isso, há algumas ocasiões em que é mais prudente financeiramente colocar seu dinheiro em outro lugar do que no mercado.

Vejamos quais são essas ocasiões.

Quando você não tem uma Reserva de Emergência


Reserva de emergência

Se você não tem dinheiro alocado para alguma emergência, é melhor guardar essa vontade ai de comprar ações e priorizar a montagem de uma reserva de emergência.

Já comentei em vários posts a importância e principalmente usos dela. Percebo em pessoas ao meu redor se recusando a montar uma reserva com a justificativa que problemas não lhe acontecem.

OK, então! 

Eu prefiro estar preparado quando algum imprevisto aparece. Pois infelizmente, uma hora ou outra aparece.

Outra, lembre-se que investimentos na bolsa de valores não são tão líquidos assim, mesmo quando começar a valer a liquidação D+2. Mas aqui a questão nem é tanto quanto a liquidez, mas sim o momento.

Você pode precisar de dinheiro e ser obrigado a engolir um belo de um prejuízo.

Quando você tem dividas para pagar


quando é a melhor hora para investir

Quitar dívidas é sempre um dos principais truques das finanças pessoais. E isso acarreta em prioriza-las. Primeiro você paga suas dívidas, depois você investe.

Mas há um porém nisso ai.

Como dito no inicio do post, quanto mais tempo você estiver exposto ao mercado, mais tempo seu dinheiro tem para crescer. Sabe, fazer valer o tal dos juros compostos.

Assim, apesar de ser interessante sempre pagar suas dividas em primeiro lugar, dependendo do montante e, principalmente, dos juros sobre a divida, você pode ignorar esse ponto.

Não ignorar por completo, mas diminuir os esforços para quitar suas dividas.

Veja o meu caso. Contratei um financiamento imobiliário em 2017. Acho que a Selic estava em sete alguma coisa, não lembro. O que sei é que consegui financiar meu apartamento a uma taxa de 7,5%.

Até meados do ano passado, apenas paguei o devido, nada de antecipar parcelas.

Hoje, principalmente devido a baixa remuneração de quase tudo na renda fixa, comecei a diminuir minha divida. Mês sim mês não eu emito um boleto na Caixa para amortizar meu financiamento.

Mas sem deixar de comprar nem que seja um tico de ações todo mês. Faço isso pois a taxa de juros contratada é baixa.

Se o meu financiamento fosse a 10, 12%, ai a história seria outra.

Conclusão


A melhor hora, tempo para investir é hoje. Não tenha dúvidas quanto a isso. E não me venha com;

- Inglês, eu tenho pouco para investir...

Pois na verdade, a questão não é o dinheiro. Você que não quer investir. Não é o pouco dinheiro que o afasta disso. Sejamos claros.

Porém, antes de sair correndo transferir seu dinheiro para a corretora, lembre-se desses dois pontos;

  • Eu tenho um reserva de emergência?
  • Eu tenho dividas?


Fonte: When now isn't the best time to invest



Postei na sexta-feita passada uma análise sobre a Via Varejo (VVAR3) Já conferiu? Caso não, confira minha análise sobre os últimos balanços e alguns pitacos sobre o resultado do 1T19.




See ya!
Quando agora não é a melhor hora para investir... Quando agora não é a melhor hora para investir... Reviewed by Investidor Inglês on 09:38 Rating: 5

10 comentários:

  1. Perfeito texto Investidor Inglês!
    Eu estou buscando realizar aportes fortes na reserva de emergência e ao mesmo tempo também ir diversificando para aprender mais sobre o mercado, está sendo bom para mim. E claro, quitar as dividas antes de começar toda essa etapa, foi primordial.
    Abraço,
    Semeador

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Semeador!

      Faz bem rechear suas reservas. E melhor que pode simultaneamente investir!

      Abraço!

      Excluir
  2. Boa reflexão cara, um excelente livro que fala sobre isso é "O homem mais rico da Babilônia", ele acrescentou bastante na minha mentalidade.
    Sem dúvida, o fator tempo e os constantes aportes vão trazer a nossa boa e velha liberdade financeira, mas é preciso ter consistência.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Suburbano!

      Poxa, e boa lembrança do livro O homem mais rico da Babilônia. Vou rele-lo até. E quanto a consistência, creio ser primordial.

      Abraço!

      Excluir
  3. Belo post, concordo com a conclusão: só não compensa investir sem ter uma RE ou com dívidas.

    Esse mito de não aportar na alta já foi derrubado há muito tempo. Quem quiser conferir trocentos estudos sobre isso, basta ver essa imagem:

    https://intelligent.schwab.com/public/file/SIP-CONTENT-RESOURCE-IMAGES-2/dII_Q2_SIP_chart.jpg

    Quanto a sua ressalva em relação a financiamento imobiliário, eu ainda acho que é melhor amortizar, pois a taxa, ainda que pequena, incide sobre o saldo total da dívida, então quanto mais amortiza, paga menos no final, mas a discussão é enorme e com certeza você está ciente de tudo isso e, ainda assim, considerou que para você faria mais sentido atacar a dívida aos poucos.

    Abraço e parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Concursado!

      E é verdade quanto ao financiamento. Li bastante sobre o assunto e optei por diminui-la aos poucos

      Abraço e valeu man!

      Excluir
  4. Concordo com você não dá para investir com e dívidas e sem reserva de emergência.

    Acabei de fazer um vídeo sobre reserva de emergência qual rendia mais, o tesouro selic ou CDB(100% do CDI).

    Abraço e bons investimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Dil!

      Eu não me vejo investindo sem essas premissas. E sobre o vídeo, poste o link para acessarmos.

      Abraço!

      Excluir
  5. Eae Inglês, eu me sinto melhor mantendo um capital de giro, uma grana aplicada com liquidez imediata e isso já me rendeu mts frutos, seja pra pagar um gasto inesperado ou para aproveitar boas oportunidades de investimentos.
    Hoje, não consigo ficar em aquela grana em fácil acesso para eventuais circunstâncias.
    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala ae Lorde,

      Também sigo essa linha. No meu caso, o capital de giro é para manter minhas operações com opções.

      Sem essa grana, fico sem estratégia.

      Abraço!

      Excluir

Tecnologia do Blogger.