Rumo a Independência Financeira: Atacando um dos pilares! - Investidor Inglês

Rumo a Independência Financeira: Atacando um dos pilares!


Entro na segunda semana de 2019 trazendo mais um capítulo da série - Rumo a Independência Financeira, IF para simplificar.

Se não conferiu os outros posts, veja abaixo;


Um resumo rápido do último capitulo foi sobre a compra de casa apartamento durante a jornada rumo a IF. Terminei o post dizendo que pensaria a respeito de começar a antecipar seu pagamento.

Mas acredito que não farei isso esse ano.

Como dito no post sobre minhas metas para 2019, pretendo focar em novas rendas e também em um dos pilares da IF, rentabilidade.

rentabilidade independência financeira


Dependendo de qual negócio eu montar, precisarei de dinheiro. Logo não posso usa-lo para abater a dívida do ap. Também precisarei de dinheiro para as operações que estou montando na busca de melhorar minha rentabilidade.

E é sobre essas operações que contarei hoje.

Atacando um dos pilares da IF - Rentabilidade


Para se atingir a Independência Financeira temos que construir 3 pilares. E esses pilares são os;

  • Aportes
  • Juros
  • Tempo

Aportes é o dinheiro economizado que vai para um investimento. Juros são obtidos através dos investimentos e tempo é o potencializador dessa brincadeira.

Se você investi 1000 reais todo mês a uma taxa de 10%, em 240 meses você consegue mais de 700 mil reais.

Para aumentar esse montante nossas alternativas são;

  • Aportar mais;
  • Conseguir juros maiores;
  • Aumentar o tempo de investimento. 

Como quem busca a IF quer no menor tempo possível, aumentar o tempo não é uma alternativa. Logo, sobra aportar mais ou conseguir juros maiores.

Quanto aos aportes, para aumenta-los temos que economizar mais ou ganhar mais. Simples assim. Quanto a conseguir juros maiores. Hmm, ai vem a pergunta; - Como conseguir juros maiores?

Hoje sabemos que a renda fixa, lugar onde sabemos de antemão quanto iremos rentabilizar nosso dinheiro, está pagando por volta de 7 a 9%, dependendo do prazo escolhido.

Como minha meta para este ano é buscar 12% bruto, preciso fazer mais. Logo, em meus estudos já aprendi que não posso descartar o Tesouro Direto, pois ele pode render bem mais do que você espera.

Também decidi voltar a operar opções, por isso preciso de dinheiro para cobrir eventuais exercícios. Em vez de tentar acertar a nova Magazine Luíza, vou devagar estudando novas ações enquanto lanço opções de venda/compra.

Em pesquisas me interessei pelas opções da BOVA11, BBSE3 e B3SA3. Apesar de não pagarem bem como as opções de petro e vale, gostei até dos valores.

Melhor dos que o da ABEV3, CIEL3, ITSA4...

E por falar em estudos...

o mercado de ações ao seu alcance

Provavelmente entre em minha carteira alguma ação da fórmula mágica. Ano passado através dela encarteirei a UNIP6, e foi uma bela sacada.

Vou informando por aqui como se seguirá isso. Vamos ver como essas operações influenciará na minha rentabilidade. Em breve mais informações.






See ya!
Rumo a Independência Financeira: Atacando um dos pilares! Rumo a Independência Financeira: Atacando um dos pilares! Reviewed by Investidor Inglês on 00:00 Rating: 5

18 comentários:

  1. É isso aí, aportar mais e fazer o dinheiro "trabalhar" de forma mais eficiente. Não tem segredo!

    http://antipoda.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem mesmo Maurício. Vamos ver como me saio esse ano.

      Abraço!

      Excluir
  2. Minha aposentaria com um salário minimo já tá garantido em 30 anos sem precisar aportar mais.
    Agora preciso ir adiantando essa "aposentadoria".
    No ritmo atual vai 13 anos pra eu conseguir um salário minimo kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 13 anos está bom Soldado! Nas minhas contas para eu ficar independente vou levar ai uns 17 anos. Quero ver se adianto isso ai kkk

      Excluir
  3. Fala aí, Inglês!

    É isso aí, tentando sempre melhorar as rentabilidades!

    Há uns dois meses estou avaliando algumas mudanças graduais na carteira. Como parece que a gestão será cada vez mais importante com essa volatilidade, estou pensando em terceirizar parte da minha carteira e avaliar a minha rentabilidade com a rentabilidade da parcela gerida por outros.

    Aportei mais nas gestoras digitais, iniciei em um novo fundo e vendo outros e fiz a portabilidade de minha previdência para um FoF. Vou começar a avaliar para ver se consigo ao menos os mesmos benefícios com menores custos. Afinal, quero mais tempo livre rsrs!

    Talvez esse mês se der tempo faço um post explicando melhor minhas ideias.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala ai André!

      Legal sua iniciativa. Sem contar que ao transferir a gestão a terceiros, além do tempo tem as preocupações a menos não? rs

      Vou acompanhar! Quem sabe valha a pena até para quem está em inicio de patrimônio.

      Aguardo seu post. Abraço!

      Excluir
  4. Hoje mesmo já adquiri as 3 primeiras ações da carteira pela fórmula do Joel. Pretendo publicar logo.

    Ótimo post Inglês.

    ResponderExcluir
  5. Investidor Inglês,

    Aportes + Juros + Tempo: 3 palavras tão comuns, mas que juntas fazem toda a diferença na vida financeira!
    Gostaria de acrescentar a disciplina, pois sem ela, as 3 acabam sendo enfraquecidas com o passar dos anos.

    Interessante a taxa de 12% aa, ainda mais com a Selic em 6,75%. Os pré-fixados do TD não estão chegando a isso (está em torno de 9%), mas acredito que são uma boa opção para diversificação.

    Boa semana,
    Simplicidade e Harmonia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rosana,

      Belo adendo! Sem disciplina isso ai vai por água abaixo!

      Sobre a taxa, vamos ver se consigo obtê-la. Na renda fixa é quase impossível devido a taxa vigente. Logo, terei que correr mais riscos.

      Boa semana!

      Excluir
  6. Realmente as taxas estão baixando.
    Tenho pego algumas coisinhas em IPCA +5% e nada além.
    Espero que a economia reaqueca logo e o lançamento de CRIs CRAs e DEBs sejam tantos que forcem uma competição que eleve um pouco as taxas.
    Tambem acredito que a retomada vai gerar uma pressão ibflacionarii que pode aumentar os juros futuros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu consegui ano passado pegar IPCA +6% de uns bancos. Vacilei em não ter pego Tesouro IPCA quando chegou próximo disso. Teria feito uma grana...

      A economia está demorando para reaquecer. Com isso a inflação segue "tranquila"

      Excluir
    2. Caiu muito rápido.
      Em Outubro teve a deb incentivada da light págando ipca+ 6,80 e não peguei.

      Excluir
    3. Seria uma boa hein. Acho que nem fiquei sabendo dessa deb.

      Excluir
    4. Meu assessor de finanças sempre me avisa dos lançamentos, saindo coisa boa eu aviso.
      Mas nesse nível tá difícil, o último foi o CRI da direcional em 28/12 que fechou em IPCA+5,092

      Excluir
    5. Hoje apareceu um CRI da saneatins no secundário pagando IPCA + 5,35% consegui aportar 55mil mas sumiu rapidomho, nem deu tempo de avisar.

      Excluir
  7. Boa Inglês!

    Eu acabo fazendo um pouco diferente. Todas as minhas projeções procuro fazer de maneira um pouco pessimista porque duma coisa eu tenho certeza: haverá percalços no meu caminho. Minhas projeção para esse ano é conseguir 7%a.a. Se vier mais a sensação de dever cumprido acaba vindo em dobro. É mais uma estratégia psicológica do que qualquer outra coisa, rs...

    Boa sorte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Investidor,

      Utilizo esse seu raciocínio em meus aportes. Sempre estipulo abaixo do real. E concordo, a sensação é boa mesmo hehe

      Obrigado e boa sorte também!

      Excluir

Tecnologia do Blogger.