Use o poder que o dinheiro te dá para tornar seu trabalho melhor! - Investidor Inglês | Rumo a Independência Financeira

Use o poder que o dinheiro te dá para tornar seu trabalho melhor!

Post atualizado 02/03/2018

Lendo mais um belo estudo de caso feito pelo AA40, ao terminar de ler os planos da investidora lembrei deste post aqui. E assim resolvi trazê-lo a tona novamente.

Afinal, a investidora do estudo de caso está planejando usar o poder que o dinheiro nos dá!

Legal ver relatos assim, não?

E que poder é esse?  Veja abaixo!


Lembra das Lições Valiosas do meu Primeiro Ano de Liberdade? Pois então, hoje abordarei a segunda lição.

Lá no outro post, falei sobre a importância de definir algo para a independência financeira, pois parar literalmente com tudo de uma forma brusca, pode não ser legal... Assim disse o Mad Fientist, dono da história que estou contando, que só não pirou com a mudança por ter um plano.

E após coloca-lo em prática, percebeu os benefícios que seu patrimônio o concedeu. Assim começamos o post de hoje...

Use o poder que o dinheiro te dá para tornar seu trabalho melhor!

Torne seu trabalho melhor usando seu... dinheiro!


Ao "trabalhar" logo após sua independência financeira, Mad Fientist percebeu que estava fazendo praticamente a mesma coisa de antes! E isso aconteceu devido a sua condição financeira.

Ao atingir um patrimônio legal, difícil dizer em números o que seria um patrimônio legal, assim vamos supor que seja um patrimônio que cubra suas despesas entre cinco ou dez anos, OK? 

Logo, devido ao tamanho do seu patrimônio, Mad Fientist pôde "negociar" as condições de seu trabalho. Ao invés de bater cartão em um escritório por ai, definiu com o empregador que trabalharia de sua casa.

E em suas palavras, disse que atingiu 80% dos benefícios de se aposentar cedo durante os dois anos que trabalhou em casa sem redução no salário.

Ou seja, antes de se aposentar, Mad Fientist pode sentir o gostinho da independência financeira sem estar de fato aposentado.

Este ano, tive um pouco do gostinho de trabalhar em casa. Não precisar enfrentar transito, trabalhar vestido do jeito que quiser (a menos que tenha que fazer uma videoconferência rs).

Sem contar que você pode fazer sua comida, pode dar uma pausa em seu trabalho pois não terá que fazer cena para ninguém, ou seja liberdade!  Algo que a independência financeira nos traz!

Lógico que não há só benefícios, trabalhar em casa é solitário, irá testar sua concentração, pois há várias fontes de distração em sua casa. Mas, sabendo lidar com isso, é bem recompensador.



Onde trabalho, há um senhor que já atingiu sua independência financeira. E sua história mostra como nosso patrimônio pode nos ajudar.

Em seu inicio de carreira, este senhor fez como nós estamos fazendo, focando no aporte. Sim, todo mês ele aportava uma parte de seu salário. Porém, ele fez isso até se sentir confortável para seguir "carreira solo". Ao juntar uma quantia na qual pagasse todas as suas despesas por uns 3 anos, este senhor saiu do emprego onde estava e colocou em prática seu plano de trabalhar por conta própria.

Sempre que falamos sobre trabalho ele me fala para fazer isso;

Inglês, junte uma grana para te manter por um tempo (reserva de emergência) e trabalhe para você! Faça seus clientes, faça seu salário... 

Então, ao atingir um patrimônio que cubra suas despesas por um tempo, você pode negociar condições melhores de trabalho. O senhor do exemplo acima fez isso. Ele não via futuro na empresa onde estava trabalhando e assim começou seu plano para trabalhar como autônomo, pois ao trabalhar para os outros, ajudamos a enriquece-los e não o contrário.

Assim, ao ter 3 anos de "segurança", saiu de seu emprego e praticamente virou um empreendedor.

Outro exemplo vem do nosso amigo Frugal. Para muitos, ele praticamente estava com um pé na Independência Financeira. Mas, ao invés de se contentar com isso, ele preferiu ir adiante. Está usando o que construiu para construir muito mais.

E agora temos o plano da investidora, na qual é usar seu patrimônio para já lhe prover uma semi-IF. Ela usaria seu patrimônio para reduzir a carga de trabalho de seu marido, enquanto ela buscaria fazer o que gosta!

Assim, mesmo não tendo atingindo a independência financeira, ela já poderia desfrutar de alguns de seus benefícios.

Eu mesmo vira e mexe penso em sair da famosa CLT e passar a prestar serviço aonde trabalho, já que é algo bem comum em minha profissão. De repente, eu acelero a minha IF com essa atitude...

É, o tempo passa e as ideias mudam. Hoje meu foco é construir rendas extras para quem sabe, elas me forneçam uma IF. 

Vai que...





Bis bald!
Use o poder que o dinheiro te dá para tornar seu trabalho melhor! Use o poder que o dinheiro te dá para tornar seu trabalho melhor! Reviewed by Investidor Inglês on 01:00 Rating: 5

46 comentários:

  1. Verdadeiros capitalistas não param de trabalhar e gerar valor nunca. O cérebro atrofia e morre.

    Trabalhar em casa deve ser muito bom. Ficar com sua família ao invés de trabalhar para alguém e não ver os filhos crescerem. Deveria ser um objetivo comum à maioria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala CF! eu gostei da experiência.. Principalmente quando você termina sua tarefa e não precisa ficar fingindo que está trabalhando. Terminei o que tinha que fazer? Beleza, bora jogar um videogame hahaha

      Excluir
    2. conhecimentofinanceiro,

      Gostei da sua frase:
      "Verdadeiros capitalistas não param de trabalhar e gerar valor nunca. O cérebro atrofia e morre."
      As pessoas bem sucedidas nunca param de trabalhar enquanto a maioria dos trabalhadores não vê a hora de chegar o final de semana ou o feriado. Poderia ser diferente.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Sonho mesmo Bufunfa! Principalmente quando você acelera seu trabalho para ficar com o resto do tempo livre...

      Excluir
  3. Olá II,

    Excelente post.

    Ter liberdade financeira é que nós procuramos. Um dia conseguiremos.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Muito boa a ideia mas fiquei um pouco na dúvida sobre a tal liberdade. Eu já possuo investimento que me cobre mais de 3 anos dos meus gastos e não me sinto bem um pouco liberto.

    Outro dia estava pensando sobre minha aposentadoria e tinha colocado o limite máximo de 55 anos. Mas nesse período teria de abrir mão da previdência pública e privada que tenho ou aportar nelas por minha conta para diminuir o prejuízo. Daí me veio exatamente esse pensamento do seu post. Com 55 vou enforcar todos os feriados, tirar longos períodos de férias e fazer meu horário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá FF! grato pela visita!

      Ter 3 anos pode te dar liberdade de procurar outra coisa, assim como o senhor que relatei no post fez. Ele passou a trabalhar como autônomo. Ou você pode fazer igual ao blog Frugal Simple, usar seu patrimônio para abrir uma empresa e gerar mais dinheiro.

      A opção do home office no brasil ainda está engatinhando, mas você pode tentar...

      Excluir
  5. Olá II!

    Solitário nada, hoje com esses zapzaps e companhia vc não fica sozinho nunca. Até queria, mas é impossível rsrsrs

    Mas esse senhor fez certinho: nada como fazermos o nosso tempo! Liberdade fantástica!

    Abraço e boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá André!

      É verdade, ficar sozinho hoje é quase impossível rsrs

      E sempre que falamos ele me incentiva a fazer o mesmo... Quem sabe um dia rs

      Abraços e boa semana!

      Excluir
  6. A Independência financeira nos traz liberdade de trabalhar naquilo que gostamos, e durante o periodo de tempo que queremos pois já não precisamos do dinheiro.

    É muito saudável continuar a trabalhar (mas menos horas) para nos mantermos ativos e não estranharmos uma mudança drástica

    Outro ponto interessante ao trabalhar menos horas temos mais tempo para a viajar para o nosso lazer.

    Abraço e bons investimentos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá DIL!

      E segundo as histórias acima, você pode ter um gostinho da independência financeira antes de atingi-la!

      Abraços!

      Excluir
  7. Eu pararia de trabalhar hoje se pudesse. Sempre penso no que Dalai Lama fala (abaixo). Perdemos nossa vida trabalhando nessas empresas malditas que só sugam e pouco te retornam. Cuidaria de minha saude e faria só o que gosto por prazer (por isso nao uso a palavra trabalho para isto).

    Os homens perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde. E por pensarem ansiosamente no futuro esquecem do presente de forma que acabam por não viver nem no presente nem no futuro. E vivem como se nunca fossem morrer... e morrem como se nunca tivessem vivido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! E valeu por trazer essa mensagem do Dalai Lama, faz um tempo que não há vejo!

      Eu se pudesse, também pararia. Talvez faria trabalho de campo, ou em casa mesmo...Mas 10 horas dentro de um escritório? Não!

      Excluir
  8. Investidor Inglês,

    Deve ser muito bom trabalhar com alguém como esse senhor! Sem dúvida é um bom exemplo e inspiração para você. Uma oportunidade rara de se viver de forma pessoal, pelo menos para a maioria de nós.

    Abraços,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rosana,

      Aprendo bastante com ele. Sua história de vida é bem legal. Já quanto a forma de se viver, não é tão rara não sabia, talvez fale mais sobre isso em um outro post.

      Abraços

      Excluir
  9. Pois é Inglês,

    Queria ter um "guru" desses trabalhando aqui por perto, alguém que seguiu o mesmo caminho e alcançou seus objetivos.

    Abraço do DM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala DM!

      É legal estar perto e ver que é possível. Talvez conte mais sobre ele...

      Abraços!

      Excluir
  10. Inglês, acho que o segredo é entender que o maior bem de uma pessoa é o tempo, e não o dinheiro. Óbvio que tempo sem dinheiro não vale de nada. Mas e se chegarmos a um meio termo? E se vc empregar seu tempo livre para criar formas de renda passivas ou semi-passivas, e assim ir crescendo aos poucos, porém com qualidade de vida.

    Vivemos na era da internet. Pessoas fazem milhões/ano com a bunda no sofá, de cueca. Pq eles podem e a gente não? Temos que sair da matrix financeira e principalmente da matrix de costumes e hábitos.

    Abracos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Enriquecendo!

      Sim, o tempo é o nosso bem maior. E foi essa mensagem que o cara que trabalha comigo passou. Ao ter uma reserva de emergência, ele resolveu arriscar e foi trabalhar por conta. E sabemos que trabalhar por conta, você é totalmente responsável pelo seu tempo.

      Abraços

      Excluir
  11. Concordo com o aposentandoaos40, se pudesse parava hoje já. Quer dizer, já posso parar mas não do jeito que quero.

    Tenho vários projetos para a aposentadoria, vou me manter mais ocupado do que trabalhando. kkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala BPM!

      A questão não é parar, e sim usar o que já tem para melhorar as condições de trabalho. Negociar horários, home office se possível... Ou mesmo encarar um trabalho autônomo...

      Excluir
  12. Otimo topico. Deviamos ter um forum no reddit pra trocar figurinhas. Estou com o aposenteaos40. Quero virar vagabundo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vagabundo! Será que vingaria um fórum lá? É interessante a ideia.. Cara, somos 2 heheh

      Excluir
    2. Se precisar de mais um vagabundo estou dentro... ótima ideia a do fórum.

      Sr. IF365

      Blog IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
      https://srif365.wixsite.com/if365

      Excluir
  13. Fiz um link-back no nosso post para o seu. Vale a pena a reflexão.
    Valeu a referência acima - abcs

    ResponderExcluir
  14. Esse Mad Fientist é programador, na área dele deve ser fácil conseguir emprego para trabalhar em casa. Basta um computador p vc produzir mesma coisa q produziria em um escritório. Galera jovem q almeja IF deveria levar isso em conta na hora de escolher a profissão, evitar ao máximo se acorrentar em carreiras como a minha q exigem q eu esteja presente fisicamente no local de trabalho.
    Já meu pai era engenheiro e largou tudo p fazer concurso público para a Receita Federal, desde então trabalhou em casa até o dia da sua aposentadoria. Nunca reclamou da decisão, estava sempre trabalhando relaxado e satisfeito... às vezes até de pijamas...rs

    Sr. IF365

    Blog IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
    https://srif365.wixsite.com/if365

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É SrIF365,

      Algumas profissões tem esse beneficio mesmo. Em TI, acredito que todas as profissões possam ser exercidas de casa.

      Excluir
    2. Seu pai era Auditor? Acompanho de perto a carreira de AFRF (por ter algum interesse em fazer o concurso) e, pelo que sei, o teletrabalho só foi instituído em 2017 (Portaria RFB Nº 2383/2017).

      Se ele era auditor e trabalhou antes disso, tinha uma peixada boa!

      Abraço!

      Excluir
  15. Excelente post, meu nobre inglês.

    E eu te incentivo a fazer o mesmo: seja dono do seu próprio negócio!

    É difícil, é doloroso, é cansativo... mas no longo prazo ele fornece recompensas incríveis.

    Cheers!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço as palavras caro Termos!

      Estou na busca. Logo logo sai algo. Vou contando por aqui.

      Cheers!

      Excluir
  16. Acho q o meu conceito de IF é diferente dq está sendo discutido aqui, digo isso pq não vejo como alguém com negócio próprio possa ser IF. Basta ver como o colega Frugal está ralando, concordo que possuir negócio próprio possa deixar a pessoa rica, mas IF não. IF pra mim é a liberdade de trabalhar quando, onde e se quiser. Tocar um negócio de sucesso passa longe dessa definição em todos os sentidos.


    Sr. IF365

    Blog IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
    https://srif365.wixsite.com/if365

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá SrIF365,

      A ideia do negócio próprio é acelerar a IF. Enquanto como empregado (público/privado) levamos ai 20 anos talvez, com um negócio próprio podemos diminuir o tempo e quem sabe mudar até o patamar.

      Excluir
  17. Ótimo post, obrigado por republicar.

    A semi-IF é um objetivo que almejo atingir em uns 10-15 anos, só de imaginar quantas possibilidades eu terei já fico entusiasmado...

    Quanto ao home office, no órgão em que trabalho alguns setores já implementaram, porém os colegas que aderiram reclamam que as metas estipuladas foram muito pesadas, muitos desistiram e voltaram a bater ponto...

    Se algum dia meu setor implementar o teletrabalho, com certeza eu farei o teste por pelo menos um mês.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Concursado,

      Vale a pena testar o homeoffice. Eu vou lutar para conseguir uma semi-if em 10 anos também. Vamo que vamo!

      Abraço e agradeço as palavras!

      Excluir
  18. Fala meu amigo, tudo bem? Primeiramente agradeço pelo blog e por tantos conteúdos de qualidade.

    Eu trabalho com t.i como programador (consigo trabalhar 100% em home office se me permitissem). Recentemente fiz uma proposta para a empresa que presto serviço onde aceito uma redução de salario de 30% onde poderia trabalhar home office três quartos do mês (Aceitaria ir ao escritório algumas vezes no mês quando fosse necessario nunca sendo de sexta ou segunda-feira). Em paralelo encontrei uma pousada no litoral (Uma pousada pé na areia) que alugando anualmente o valor mensal ficaria em 800 reais com café da manhã e troca de roupa de quarto semanal, WIFI de qualidade e a 150km das casa dos meus pais onde eu moro.
    Minha renda passiva hoje cobre tranquilamente o aluguel, uma parte dos meus gastos e meu salário que mesmo com a redução ficaria na casa dos 7k liquido (PJ) e mesmo assim acredito que poderia continuar aportando entre 3~5 e 4~5k/mês tranquilamente.

    O que motivou a tentar encontrar esse acordo é exatamente isso que você postou, apesar de estar longe do milhão o que eu tenho acumulado hoje sem nenhuma nova fonte de renda me garante 2~3 anos de tranquilidade.

    A empresa a principio demostrou muito interesse pois hoje eu trabalho para uma consultoria que me aloca aqui, o gasto da empresa comigo fica em torno de 20~22k mês. Acredito que isso possa se concretizar e vou de certa forma pelo menos por um tempo viver um estilo de vida I.F.


    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo! grato pela visita e palavras!

      Legal seu relato! Cara, se mesmo com as mudanças você conseguirá aportar 3~5k/mês, não vejo problema algum em sua estratégia!

      E ainda por cima, vejo que suas despesas não são altas, o que colabora ainda mais para isso. Enjoy your life!

      Abraços!

      Excluir
  19. Excelentes palavras II!

    O começo da IF é meio sombrio se vc não planeja alguma atividade para manter-se ativo na janela do dia que antes você usava para o trabalho. Depois a gente vai descobrindo que pode fazer muito mais e transcende a ideia de que o valor depende do tempo dispendido.

    Talvez não esteja sendo meio claro, mas vou escrever algum dia sobre isso. Vou salvar esse seu texto aqui nas minhas pendências para eu colocar na fila de priorização rsrs

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha, cobrarei esse post André!

      Quando você declarou IF, ocupou seu tempo livre estudando não foi?

      Abraço!

      Excluir
    2. Sim, no mesmo ano que saí do emprego entrei novamente na faculdade. E nesses 4 anos lá dentro, fui avaliando melhor como gerenciar a IF rsrs

      Abraço!

      Excluir
    3. Mais um curioso pra ver esse post. O que vc falava pro povo quando te perguntavam onde vc trabalhava ?

      Excluir
    4. Depende hehe...

      Se eu não quisesse ouvir outra pergunta, falava que era consultor financeiro. Se estivesse a fim de continuar o papo, falava que geria meus próprios investimentos :)

      Excluir

Tecnologia do Blogger.