Lições Valiosas do meu Primeiro Ano de Liberdade - Investidor Inglês | Rumo a Independência Financeira

Lições Valiosas do meu Primeiro Ano de Liberdade


Ãh?  O Investidor Inglês atingiu a Independência Financeira (IF) e não divulgou aqui no blog? 

Antes fosse meu caro! Mas as lições que mostrarei não são minhas. Eu ainda não atingi a liberdade que tanto almejamos. Para mim, ainda é um looonnngo percurso...


As lições que compartilharei são do post cuja tradução deu nome ao meu - Valuable Lessons from my First Year of Freedom

E quais lições são essas?  Veja;


Das lições acima, falarei sobre a primeira hoje. As outras pretendo explorar e tentar montar um post para cada.

Bom, sem delongas, vamos lá!

Tenha um projeto "No jeito"


Tenha um projeto no jeito para se aposentar!

Após terminar seu trabalho na sexta-feira, na verdade seu ultimo dia de trabalho como empregado, Mad Fientist encarou o final de semana como mais um, já que tudo estava dentro de sua rotina. Mas ai veio a segunda-feira... E em suas palavras;

"The only time in the entire first year that I freaked out about the whole thing.
A única vez em todo o primeiro ano que me assustou mesmo foi essa segunda"

Sair da rotina e entrar em um território desconhecido assustou Mad Fientist. Ele não pensou que precisaria estar preparado mentalmente para esse dia. Eu, Investidor Inglês, acredito que também ficaria assustado. Mesmo estando "preparado". E sabe o porquê?

Devido ao Novo! Sabe, A primeira vez?  Por mais preparado que você esteja, não se livrará da sensação "frio na barriga" que o novo proporciona. É uma experiência nova, que por mais que descrevam para você, só sentindo na pele para entender. Ao ler cada lição que o Mad conta, posso fechar os olhos e imagina-las. Mas apenas isso, entende?

Bom, mas o que fez o cara se sentir melhor?

Trabalho!

Pô Inglês, o cara se aposenta e na primeira segunda-feira o que fez ele não surtar devido a novidade foi trabalho?

É, mas entenda que não é um simples trabalho, que você precisa bater cartão e tudo mais. É um trabalho que você, repito, você escolheu! E aqui, não leve a palavra trabalho ao pé da letra. Encare-a como uma atividade. Sabe, o que você sempre quis fazer? Então...  E Mad se apoiou nisso.

Esse "trabalho", no qual ele era o boss, o chefe, foi a transição do Mad Fientist da pré IF para a pós IF!

Isso me faz lembrar do meu post - Aposentar Cedo não é tão legal quanto parece. Lembro de um blogueiro americano citando a falta de planejamento entre as fases pré e pós Independência Financeira.

Vemos tanta gente planejando atingir a IF. E o que fazer quando atingirmos? Precisamos pensar nisso pois há um mundo de coisas a fazer nessa nova fase. E se não tivermos um plano, um foco, podemos nos afogar no imenso oceano de possibilidades que se abrem para nós...

Gostei muito da frase abaixo...
"Otherwise, what is there to get you out of bed in the morning, especially when that bed is much more comfortable?
Caso contrário, o que fará você sair da cama de manha, especialmente quando essa cama é muito mais confortável?"






See ya!
Lições Valiosas do meu Primeiro Ano de Liberdade Lições Valiosas do meu Primeiro Ano de Liberdade Reviewed by Investidor Inglês on 00:00 Rating: 5

35 comentários:

  1. Post bastante interessante Inglês, já tinha lido esse post do Mad Fientist e acho muito legal a história desse pessoal que finalmente consegue a independência financeira, realmente deve ser estranho mesmo a primeira segunda-feira sem precisar se preocupar em ir pro trabalho ganhar dinheiro.

    Concordo bastante com essa parte de ter um projeto engatilhado já também, o Mr. Money Mustache quando se aposentou começou a tocar uma empresa fazendo literalmente serviço de peão, e até hoje tá nessa, apesar de não precisar trabalhar pra viver.

    Ter a mente ocupada com alguma coisa durante o dia é essencial, senão os dias só passam e aquele sentimento de que nada foi feito começa a bater. Acho muito difícil alguém que teve a determinação de conquistar a independência financeira se contentar em não fazer nada produtivo o dia inteiro.

    Aguardo a continuação da série, abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jovem Poupador! grato pela visita!

      Concordo com isso! "Acho muito difícil alguém que teve a determinação de conquistar a independência financeira se contentar em não fazer nada produtivo o dia inteiro"

      Abraço!

      Excluir
  2. Rapaz, é bom ler esses relatos.
    Porque você vai vendo que é possível chegar à if. É algo real. Muita gente não acredita.

    Estou acompanhado à história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Diário!

      Também gosto de relatos assim! Mostra que é possível!

      Valeu!

      Excluir
  3. Fala Investidor Inglês!

    Muito interessante este tema. Dei uma passada de olho no site do Mad Fientist e me pareceu uma Independência Financeira na linha tênue entre IF e frugalismo. Não vou me estender nesta discussão já famosa aqui na finansfera sobre conceitos, mas acredito que uma margem de segurança é sempre bem vinda.

    O pulo do gato em minha opinião está em realizar a construção desta margem de segurança durante a fase de acumulação. Quando esta gordura estiver confortável, então o novo membro do Clube da IF pode aumentar mais ainda a margem de segurança com os frutos de seu novo trabalho - aquele que você tem prazer em fazer. Então é um loop positivo que só vai se encerrar com a morte do sujeito.

    Deixar de realizar atividades que desafiem, que retirem da zona do conforto, que são embates ao intelectual, são extremamente prejudiciais ao físico e psicológico do sujeito. Não recomendado - a não ser por um curto período.

    Cheers!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Termos Reais!

      "Não recomendado - a não ser por um curto período." Perfect!

      Sobre a margem de segurança, você se refere a TSR?

      Cheers!

      Excluir
    2. Margem de Segurança é aquele colchão financeiro que você tem para manter seu novo padrão de vida mesmo que eventos imprevisíveis aconteçam. Já imaginou você saborear a IF e de repente ter que voltar a trabalhar em um emprego sem futuro? Você experimenta o lado bom e depois volta a empregos medíocres apenas para bancar as contas adquiridas no período em que achava já estar livre.

      a TSR eu não sou fã. 'Continhas' partem do pressuposto de que o cenário é estático e previsível. Eu não conheço nenhuma área em nossa vida que seja estática e previsível. Quanto maior a premissa de certeza sobre algo, menos preparadas as pessoas ficam para cisnes negros. Meus dois centavos sobre isso é nunca fazer continhas e sempre buscar deixar esse colchão cada vez mais gordo.

      A diferença com a IF é que o colchão pode ser engordado com os frutos do trabalho prazeroso e não do trabalho obrigatório.

      Cheers!

      Excluir
    3. Eu como teimoso que sou, continuo a afirmar que TSR e Margem de Segurança são a mesma coisa.

      E acredito que em ambas, você precise fazer contas. Não é?

      Cheers!

      Excluir
  4. Muito bom o tema. Continue nele! Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Oi Inglês,

    Para mim a IF tem tudo a ver com poder trabalhar apenas pelo prazer da atividade, no ritmo que preferir.. liberdade de escolha, mas sem ficar com os pés pra cima o dia todo. Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi DM!

      Também acho isso. Pois aguentar todo os dias com os pés pra cima, aja paciência não? rs

      Abraços!

      Excluir
  6. Olá II! Excelente debate! E reforço o pensamento do post de hoje.

    Antes de eu sair do emprego, baseado em muitos livros que lia, refleti muito sobre isso. A vida sem o emprego precisaria de um "preenchimento", até ao menos eu definir o formato ideal.

    Eu não me demiti exatamente no momento em que atingi meu breakeven, mas sim quando defini o que ia fazer nos próximos anos. Prestei novamente vestibular e entrei novamente na universidade. Só saí da escravidão quando as aulas começaram para valer. Acho que isso ajudou a não cair no ostracismo psico-mental rsrs.

    Aguardando os próximos temas!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá André!

      Cara que legal! Muito obrigado por compartilhar sua experiência. Interessante seu plano! Colocarei na lista de possíveis coisas a fazer ao atingir a IF :D

      Abraço!

      Excluir
  7. É esse post faz pensar muito,o que fazer quando dinheiro for suficiente eu mesmo não tenho resposta para isso ainda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Socrates! grato pela visita!

      Meu, eu também não tenho ideia alguma. Talvez considere o exemplo do André..talvez

      Valeu!

      Excluir
  8. Trazendo para o mundo real IF é uma coisa e ficar rico é outra, Se eu ficasse rico só queria saber de viajar por esse mundo, aproveitar ao máximo, já na IF deixar de trabalhar e saber que você tem uma renda que te mantenha seria ótimo também, ai eu teria que arrumar atividades para não ficar em casa rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Stifler! se eu ficasse rico viajaria, mas não sei por quanto tempo. E quando parasse? E dependendo da IF, dá para viajar também!

      Excluir
  9. Investidor Inglês,

    Gostei desse post.
    A IF proporciona uma vida mais tranquila, mais agradável, sem trabalho por obrigação (= para obter dinheiro para a sobrevivência).

    Para mim, o dinheiro permite que você passe por muitas experiências agradáveis, em lugares diferentes ou compre coisas diferentes - algo impossível sem ele, exceto parcelando em 60 vezes, ganhando como "bônus" a preocupação de quitar depois as longas prestações.
    Além disso, há a oportunidade e tempo para novos tipos de investimentos, que poderão proporcionar mais renda passiva, formando um círculo vicioso de prosperidade.

    "IF permite que você "pegue leve", diminua o ritmo e aprecie as coisas de uma forma diferente."
    Gostei dessa lição!

    Abraços,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Rosana,

      é verdade sem dinheiro e querendo fazer agora, só recorrendo as prestações que além das preocupações, retira um pedaço do nosso orçamento futuro..

      Em breve falarei sobre essa lição! Valeu e Abraços!

      Excluir
    2. Investidor Inglês,

      Eu nunca havia pensado dessa forma, sobre retirar um pedaço do nosso futuro. É uma frase incômoda e por isso, acredito que muito útil para entendermos em que realmente vale a pena gastarmos dinheiro - ainda mais no Brasil, onde os impostos e o custo de vida são muitos altos em relação aos salários, que em média são muito baixos.

      Bom domingo!

      Excluir
  10. Respostas
    1. Hoje se tivesse 1 milhão e meio já me declararia Independente...

      Valeu!

      Excluir
  11. Esses dias fui a uma consulta de rotina e na hora que entrei no consultorio me deparei com meu médico com a perna engessada. Na hora já o questionei:

    Poxa doctor. o que houve?

    _Cai da escada, acontece!

    Eu: Mas não era para o senhor estar em casa de repouso?

    Doutor: Fiquei três dias e já fiquei louco. Pelo menos aqui me distraio!

    Detalhe senhores. sei que o cara tem grana, é um médico de renome, mora numa puta mansão etc. Tanta distração que ele poderia arrumar com a grana e resolveu voltar ao trabalho.

    É que eu não tive a oportunidade de perguntar mas me veio a cabeça o seguinte pensamento: E o dia que esse cara se aposentar? Vai continuar trabalhando?

    No caso dele ele nem precisava mais trabalhar.

    Ass: mestre dos centavo$ comentando deslogado porque ta no tranpo, dica do amigo poney para porteger a privacidade. hahahaha.

    Abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Mestre! grato pela visita!

      Ficar em casa de bobeira é legal, mas chega uma hora que cansa! rs Eu nas férias desse ano passei um pouco por isso. Precisamos de algo a fazer, se não ficamos loucos hehe

      Abraço!

      Excluir
  12. Nossa pessoal, como ainda tem gente que "precisa" pensar no que fazer depois da IF. Pra mim é extremamente simples e é uma pequena parte da minha lista. Eu tenho certeza que vai faltar tempo pra fazer tudo que eu gostaria.

    1) Poder preparar minhas refeições diariamente.
    2) Desfrutar das refeições em família. 3x por dia.
    3) Praticar no mínimo 1 hora de esporte por dia, indo do surfe ao vôlei.
    4) Cuidar e passar um tempo com os avós, e pais, e também passear com cachorros.
    5) Praticar alguma atividade para mente como ioga, meditação, xadrez.
    6) Fazer cursos de culinária, marcenaria, mecânica, elétrica.
    7) Teria minha oficina das engenhocas em casa, aonde poderia restaurar carros e objetos antigos, confeccionar móveis, criar engenhocas, fabricar uma luminária p ex, etc.
    8) Ter uma bela horta, 100% orgânica, e também um pomar e uma composteira. (dá muito trabalho ter uma horta)
    9) Desfrutar de livros e mais livros, variando entre uma rede embaixo das árvores no sol das 8:30 da manhã, ou em uma cadeira na beira de praia no final de tarde quando o sol já está se pondo.
    10) Por fim (pra ficar bonitinho somente 10 itens rsrsr porque teria muito mais): Dormir diariamente simples e puramente até acordar no dia seguinte, sem qualquer despertador ou compromisso de horário.
    abraço.
    Euclids

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Euclids, grato pela visita!

      Legal seu plano! guarde-o bem hein! Estou até pensando em republicá-lo aqui hehehe *ideias

      Abraço

      Excluir
    2. Inglês fiquei feliz que respondeu e gostou. Eu também sou investidor e bastante ousado, por favor de uma segurada em publicar esta lista, pois vou começar um blog também e esse é o tema do meu primeiro post. Fico agradecido se não postar, e entrarei em contato com você informando o endereço do meu blog para colocar nos seus links. Tenho dicas de um legítimo life coach da economia, desde veículos, compras no mercado, investimentos, moradia, etc. Coisa minha que vou passar a compartilhar. grande abraço e sucesso pra nós! Euclids

      Excluir
    3. Legal man! será bem vindo na blogosfera!

      Excluir
  13. Estou respondendo aqui a mensagem que vc deixou no meu blog:

    Conheço sim, o blog do Madfientist na verdade é o Podcast que eu mais ouço atualmente... gosto muito da estratégia de vida dele, menos radical que o Mr. Moneymustache. Mas como disse em outro post a realidade deles é outra, tanto é que não estou completamente convencido que a regra dos 4% funcione por aqui.
    Obrigado pela visita e bens investimentos!

    Sr. IF365

    Blog IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
    https://srif365.wixsite.com/if365

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo sua preocupação. Temos quase nada de relatos de IF por aqui

      Excluir
  14. Olá, II. Ótimo Posto. Infelizmente, o momento de eu me preocupar com isso ainda está longe, mas a discussão é muito válida.

    Penso que faria como o Mustache, arrumaria um serviço de peão pós-IF. Algum serviço de construir coisas (pedreiro, marceneiro, artesão etc.) é muito gratificante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem fale, o meu também está longe. Mas e bom lermos relatos assim.

      Eu provavelmente trabalhe como mecânico de autos

      Também acho gratificante. Até gosto de assistir irmaos a obra

      Excluir

Tecnologia do Blogger.