Mercado de Opções: Como Funciona? - Investidor Inglês | Rumo a Independência Financeira

Mercado de Opções: Como Funciona?


mercado de opções: como funciona?


Este post nasceu de uma pergunta de um amigo: Como funciona o Mercado de Opções?

Ao ouvir sobre casos de sucesso nesse investimento, um amigo me perguntou se já havia operado alguma vez. Ao explicar-lhe como investir, tive a ideia de fazer esse post.

Assim, abaixo você verá;


Nos dias atuais (julho/2018), ando realizando a estratégia acima com as ações da Ambev. A ideia é ir surfando nessa maré baixa que está a bolsa. Logo, se pensa em tirar proveito de um mercado de baixa, as opções são muito úteis para isso.

Eu que o diga... 😎😎😎

Como investir em Opções de Ações na Bolsa de Valores?


Antes de tudo, vamos ver/reforçar o que são opções. Segundo o site Mundo Trade;

o que são opções
Fonte: Mundo Trade

Ou seja, opções são instrumentos para garantir um preço de compra ou venda de determinado ativo. Quer vender PETR4 a um preço independente do mercado? Venda opções!

Lembrando que o vendedor tem a obrigação de cumprir o contrato como veremos a seguir. Apenas os compradores possuem a escolha de cumprir ou não com seus contratos.

Também, saiba que as opções diferentemente das ações possuem vencimento. Assim, ao comprá-las você já sabe até quando elas ficarão com você!


Os tipos de Opções da Bovespa


Abaixo os dois tipos de opções negociadas na Bovespa;

  • Opções Call: opções de compra na qual o comprador tem o direito de comprar as ações pelo valor estabelecido em contrato. 

  • Opções Put: opções de venda na qual o comprador tem o direito de vender as ações pelo valor estabelecido em contrato. 

Nas opções CALL temos ainda duas variantes, as opções Americanas ou Europeias. Nas Americanas, o comprador pode pedir a execução do contrato quando quiser. Já na Europeia, a execução do contrato só é possível em seu vencimento.

Já as opções PUT são negociadas somente como Europeias.
 

Obrigações do Vendedor


Nas opções de compra (CALL) o vendedor tem que vender as ações de acordo ao estabelecido. Isso é independente do valor do mercado. Logo se a VALE5 estiver sendo negociada a R$30,00, ele terá que vende-las por R$19,35 caso tenha vendido a opção de compra VALEC19.

Ele deve entregá-las por R$19,35, pois este é o valor que ambos acordaram.

Imaginou o prejuízo que o vendedor terá se ele não possuir as ações? Por isso o Investidor Inglês não vende opções descobertas...


Já nas opções de venda, o vendedor tem que comprar as ações pelo valor acordado. Pegando a VALEC19 como exemplo novamente, se a VALE5 estiver valendo R$5,00 o vendedor é obrigado a pagar R$19,35 para o comprador.

Tendo em mente o que são opções, seus tipos e obrigações, podemos ir para a próxima parte...

Como funciona o Mercado de Opções?


Como são negociadas as opções

As opções são negociadas da mesma forma como as ações. Você pode negociá-las tanto via Home Broker como pela mesa de operações. O único porém é que algumas corretoras não liberam a venda de opções PUT pelo Home Broker.

Logo, é melhor você se informar na sua corretora como proceder...

Voltando, as opções possuem um código, no qual é o nome da empresa na qual o contrato se cumprirá.

Exemplo


Abaixo explico o código VALEC19;

  • VALE a empresa, ou melhor, a ação a qual o contrato será estabelecido. 

  • C é a letra usada para determinar o vencimento da opção. No caso C é o vencimento das opções de compra para o mês de março. (veja mais sobre as datas aqui

  • 19 se refere ao preço de exercício da opção. Aqui o 19 se refere a VALE5 com preço fechado de R$19,35.

Agora, vejamos abaixo uma estratégia com opções CALL.

Venda Coberta de Opções CALL


A venda coberta é uma operação na qual você vende opções CALL tendo em carteira a mesma quantidade de ações. Logo, ao vender 1000 VALEC19 você precisa ter 1000 VALE5 em carteira.

Sabe por quê?

Por que as ações em sua carteira irão garantir a operação. Ou seja, o cobertor da operação...


Lembra que você como vendedor é obrigado a entregar as ações? Então, é por isso que você precisa te-las em carteira. Para se acaso for exercido, ou seja o comprador exigir o cumprimento do contrato, você não precise ir ao mercado comprar as ações ao preço que elas estiverem.

Qual o objetivo da venda coberta de opções CALL?


O objetivo dessa operação é lucrar com o mercado em baixa. Caso você tenha 100 ações da Vale e acredita que a tendência do mercado é de baixa, pode usar essa estratégia. Porém, devido aos custos não é interessante montar essa estratégia com tão poucas ações.

Acho que o mínimo para montar essa operação é de umas 300 ações. Mas, você é quem decide.

Exemplo da estratégia


A VALE5 está cotada a R$20,00 e a tendência é que o valor continue caindo. Logo você vende a VALEC19, no qual seu exercício é de R$19,35. 
Aqui temos o seguinte cenário;

  • Se a VALE5 ficar abaixo de R$19,35, você lucrará o valor recebido pela VALEC19;

  • Se a VALE5 estiver acima de R$19,35, você será exercido. Terá que entregar suas ações. 

Fácil não?  Para saber mais sobre a venda coberta veja este link e este na qual fala sobre venda coberta de PUT!

Conclusão


Neste post mostrei a você o básico do mundo das opções. Aqui você viu o que são, como são negociadas, seus tipos e uma estratégia. Porém, saiba que há muita coisa a ser explorada.

O livro abaixo contém estratégias bem interessantes como a Venda Coberta que vimos aqui, Trava de baixa, Trava de Alta, Boi, Borboleta, Papagaio rsrs...

venda coberta de opções CALL
Recomendo!

Eu já me aventurei com algumas estratégias. No blog já falei sobre meu prejuízo com trava de baixa, vendas de PUT e até um straddle.

Eu recomendo muito que você estude as opções. Elas podem turbinar sua carteira. Além de amenizar os prejuízos em mercados em baixa...






See ya!

Mercado de Opções: Como Funciona? Mercado de Opções: Como Funciona? Reviewed by Investidor Inglês on 06:00 Rating: 5

16 comentários:

  1. Lembro que opções no Brasil era liquidez só com petr e vale, hoje em dia ainda continua assim ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hoje dá para usar bb, itau e bradesco. Mas, a liquidez delas ainda não chegam perto da petro e vale

      Excluir
  2. Fiquei na duvida sobre a responsabilidade de uma opção. Por exemplo seu eu compro uma opção de call de uma ação e depois eu vendo esta opção para outra pessoa. Se esta pessoa resolver usar a opção. Quem é o responsável por esta opção eu ou a pessoa de quem eu comprei esta opção?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo!

      Funciona assim, quando você compra uma opção você não tem obrigações.

      As obrigações são apenas para quem vende. No caso acima, você comprou e vendeu o que tinha. Se o cara exercer essas opções que comprou de você, outra pessoa irá responder. A bolsa procura automaticamente os vendedores.

      Outro exemplo. Digamos que eu venda uma opção. você comprou elas e vendeu para outro. Se esse outro exercer, provavelmente eu serei o responsável (como é automático, pode cair a responsa para outros vendedores). Mas, você nunca seria chamado pois não foi você quem lançou a venda. Entendeu?

      grato pela visita!

      Excluir
    2. Muito obrigado pela explicação! Me ajudou bastante.

      Excluir
    3. Legal! No que eu puder ajudar, estou aqui!

      Excluir
  3. Pra puta que pariu mercado e ações, sofram e contem mentira ai, mais se perde do que ganha, mesmo quando se ganha hoje em dia, os ganhos são pequenos não esta valendo a pena!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rafael, por que essa revolta com o mercado? rsrs E gostaria de saber qual a mentira andam contando.

      Sobre seus pontos depende. Mais se perde do que ganha quem faz trades ou qualquer outra operação baseado em emocional.

      Se você julga que os ganhos não estão compensando, tem a renda fixa. Temos Debentures entre outros ai...

      Enfim, há opções. (olha o trocadilho ai hehe)

      Excluir
  4. Olá, Inglês.

    Vale a pena conhecer o mercado de opções (e outros derivativos). Podemos perceber que na renda variável não se ganha apenas nas altas. Quem conhece bem o mundo dos derivativos ganha muito nas quedas e também as altas do mercado. Tudo é questão de "navegar" de acordo com a maré e perfil do investidor.

    Eu operei muito no mercado de opções, operações "feijão com arroz": venda coberta. Dava um dinheirinho bom. Mas que fique claro, o mercado de opções desperta muita ganância, vontade de ganhar rápido e a consequência disto é prejuízo bravo.

    No mercado de opções não existe longo prazo, o prazo é bem determinado e existe data para o fim. Se temos um aparente prejuízo nas ações da carteira devido a queda dos valores das ações, se a empresa é boa, basta esperar por alguns meses ou anos para as coisas voltarem para os trilhos. Com as opções não há esta regalia, não importa se a empresa é boa ou não, o tempo para o fim é bem definido (o dia do vencimento) e constitui um dos fatores primordiais na deterioração no valor das opções.

    Por isto sempre a recomendação: estude antes de entrar e quando entrar, comece com pouco dinheiro e utilize estratégias mais simples como venda coberta até perceber se este mundo é para você ou não.

    Já vi muita gente perder uma boa grana operando opções como se fossem ações.


    Abraço e sucesso nos investimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá G65,

      Bem lembrado sobre a ganância. Devido a alta volatilidade, e o "achismo" de lucro fácil, alguns se perdem no mercado e acabam quebrando.

      E por essas histórias que acredito que muitos se esquivam dos derivativos. Se souber usar dá um dinheirinho bom sim. E mais, dinheiro sem tanto risco como muitos imaginam.

      Abraço e sucesso!

      Excluir
    2. É pessoal, reforço o comentário do G65: tem muito neguinho que vê opções como um bitcoin: ganhos astronômicos, rápidos e quebram a cara.

      Eu uso como vendas cobertas, tanto de call como put. E dá, de fato, uma graninha razoável para rentabilizar as ações de PETR e VALE.

      Abraço!

      Excluir
    3. André, comecei há uns dois meses venda coberta de Ambev. Não é a mesma coisa de petr e vale, mas tá virando uma graninha hehe

      Ando pensando em fazer o mesmo com ITSA, mas seus prêmios são muito baixos. Isso ainda não me animou hehe

      Abraço!

      Excluir
  5. Olá Investidor Inglês. Parabéns pelo blog. Sempre te acompanho por aqui e pelo twitter.

    Uma estratégia que eu queria fazer é a venda de put, dado que eu tenho o dinheiro para a compra em conta (em caso de strick).

    Li um post seu na qual tem uma seção chamada : "Receba dinheiro para comprar a ação que deseja".

    Entendi a teoria mas fiquei com algumas dúvidas para colocar em prática a operação:

    1 ) Dei uma olhada no site da Bovespa e para B3SA3 vi que tem puts com vencimento em Agosto, Setembro e Outubro. Qual o critério de escolha da put para fazer o lançamento dado que existem diferentes meses e valores?

    2 ) No homebroker, qual seria o valor ideal para fazer a venda da put?

    3 ) A partir do memento da venda da put quais são minha obrigações a partir daí? Devo acompanhar algo? Preciso executar mais alguma operação? Em caso de strick devo fazer algo?

    Desculpe as perguntas de iniciante, é que eu não queria fazer nada de errado na minha primeira operação. Caso não tenha essas repostas teria algum material para indicar?

    Desde já fico agradecido.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Olá Tyrone. Obrigado e valeu por acompanhar!

    Vamos as dúvidas;

    1 - É difícil falar sobre qual escolher, mas eu opto por comprar sempre do mês seguinte. Com isso vou aproveitando mês a mês caso não seja exercido. No caso, venderia put com vencimento em Agosto. Se não for exercido, vendo com vencimento em setembro e assim por diante.

    1a - Sobre valores, como a ideia é comprar a ação com desconto, tento vender buscando strikes de 10% para mais do valor atual da ação. Exemplo; Se vou vender put de Ambev que está cotada a 18 temers se não me engano, procuro puts com strike em 16 temers.

    2 - Não entendi.

    3 - Depois da venda put, como seu objetivo é comprar a ação em questão, você espera até o vencimento. Se a ação estiver abaixo do seu strike, você será exercido e precisará depositar o dinheiro para honrar o compromisso.

    Se não for exercido, lucrará com a operação e deverá pagar imposto de 15% (darf)

    E não precisa se desculpar, qualquer coisa é só perguntar. Vou completar esse post com mais informações como essas que você perguntou. Vou falar sobre a escolha dos vencimentos, pagar imposto, obrigações. Vou tentar escrever para trazer semana que vem. Aguarde!

    Abraços

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.