sábado, 19 de agosto de 2017

Mudança de planos?


Ando pensando em começar a facilitar as coisas na renda variável. Principalmente depois de conhecer o termo Smart Beta. Ao ler a estratégia que o Viver de Renda traçou para seus investimentos internacionais, me deparei com esse tema (Smart Beta) e até iria escrever sobre, mas encontrei um artigo que dispensa meu trabalho.

Antes de irmos até o artigo, uma breve definição;


O que é Smart Beta?


Bom, começando pela definição do Investopedia;

O Smart Beta define um conjunto de estratégias de investimento que enfatizam o uso de regras de construção de índice alternativas aos índices tradicionais baseados em capitalização de mercado. Entendeu?  rs  Aqui a definição completa em inglês.

Simplificando, Smart Beta utiliza regras que o torna diferente de um simples índice tradicional.

Melhorou? Não?

Ok, vamos ao artigo do Investidor Internacional. Nele você terá uma explicação melhor do que é o termo, seus critérios e riscos.

Depois de ler o artigo acima, se quiser saber mais eu encontrei um documento interessante fruto da parceria S&P/Bovespa.

Nele você verá a metodologia, como os índices são formados, seus cálculos...

Hora de atualizar o plano?

Hora de aderir ao Smart Beta?

Apresentei o tema acima para mostrar o porquê estou inclinado a mudar minha trajetória nos investimentos em renda variável.

Primeiro que ainda estou engatinhando na analise de empresas. E hoje não estou muito afim de aprofundar no tema. Com isso, índices, melhor, ETFs são mais indicados no meu caso. Pelo menos por hora...

Mais, se há ETFs que buscam empresas com requisito qualidade, mais um motivo para eu prefiro-los ao invés de ações individuais.

Porém, em minha breve pesquisa não encontrei ETFs brasileiros que utilizam Smart Beta. Infelizmente, se eu quiser mudar as coisas aqui, terei que me contentar com os ETFs disponíveis.

Já quanto aos EUA, posso pensar em mudanças...

Bom, mas não mudarei nada antes de mostrar minha estratégia atual, que virá em um próximo post...


Saiba o que está rolando no blog!







See ya!

10 comentários:

  1. II, boa.
    É sempre bom encontrarmos alternativas.
    Tem uma coisa que o Bastter fala, que não vale a pena "se matar de estudar finanças", é melhor estudar e aportar mais.
    No contexto que ele apresenta, acho válido. A vida é mais que apenas dinheiro.
    Nesse caminho, fico tentado a aportar em ETF no exterior e não em ações individuais.

    Abc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá FPI!

      Também acho válido essa opinião do Bastter. concordo com ele nesse sentido. No exterior vou pesquisar por ETFs. talvez algum entre em minha carteira

      Abraço

      Excluir
  2. Se for investir em etf nacional é bom lembrar que em tese o limite de isenção de 20 mil não se aplica.

    Sardinhanonima

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sardinha! grato pela visita!

      É bem lembrado. Devido a isso preciso pensar bem mesmo. Valeu!

      Excluir
  3. Olá Investidor Inglês,

    Essa parceria S&P e Bovespa já tem algum tempo e nada de sair ETF com esses critérios.

    Outra opção no Brasil seria se algum gestor criasse algum ETF ativo com regras definidas.

    Acho que existe um excesso de custos e burocracia e talvez pouco mercado para este tipo de produto.

    Abçs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá I.I!

      Acredito ser isso também. Os ETFs passivos já sofrem de procura.

      Abraço!

      Excluir
  4. Fala II,

    Minha preferência seria investir individualmente em ações, nas boas, mas a ideia é excelente mesmo.

    Abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala VDC!

      É para se pensar sim. Infelizmente aqui não tem nada parecido. *Pelo menos não achei... Já lá fora vou dar uma atenção a isso

      Abração

      Excluir
  5. Olá II

    Apesar de não ser um fã de ETF, por conta de seus riscos altos, preferiria uma abordagem mais focada em dividendos. Mas respeito a estratégia de outros investidores, o importante é manter os aportes e fazer o bolo crescer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá VDD

      Entendo. Eu estou pensando neles para simplificar as coisas. Vamos ver o que apronto hehe

      E concordo, independente da estratégia, o foco tem que ser em aportar sempre

      Excluir